Nas Bancas

Jovens cientistas distinguidas com medalhas de honra

Prémios entregues por Marcelo Rebelo de Sousa e Maria Cavaco Silva.

Cláudia Alegria
28 de fevereiro de 2017, 14:41

O mundo precisa da ciência e a ciência precisa do mundo. É esta a ideia que inspira a atribuição das Medalhas de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência, que este ano foi entregue a quatro jovens cientistas. Isabel Veiga, de 35 anos, que se tem debruçado sobre a resistência do parasita da malária, Maria Inês Almeida, de 33, que estuda moléculas que poderão ser capazes de ajudar a regenerar tecidos, Ana Rita Marques, de 36, que tem observado a intervenção de centríolos em casos de infertilidade, e Patrícia Baptista, de 33, que avalia rotas para pessoas com diferentes necessidades, foram as quatro portuguesas que receberam um prémio individual de 15 mil euros que poderá ser usado para aprofundarem as suas pesquisas.
Estas investigadoras estão a contribuir para afirmar um horizonte de esperança para muitas mais jovens investigadoras. Apesar da sua juventude, deram mostras de ser capazes de desenvolver trabalho científico de grande qualidade, percorrendo temas de enorme relevância social e colocando ao serviço da comunidade a sua inteligência, a sua criatividade, o seu conhecimento. Nos tempos como são os atuais, de egoísmo, de luta pela sobrevivência, a investigação científica é uma forma de serviço aos outros. Tem uma dimensão solidária já que, mesmo pesquisando muitas vezes de forma isolada, cada uma destas premiadas sabe que está a servir a coletividade, o mundo, sem dúvida, mas a servir Portugal”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, que partilhou a responsabilidade de entregar estes prémios com Maria Cavaco Silva.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras