Nas Bancas

Nuno Graciano e Bárbara Elias: Férias na neve revelam um casal em sintonia

O empresário e ex-apresentador de televisão e a mulher passaram uns dias em Andorra, no âmbito da Seat Snow Cup. Fizeram esqui e ‘snowboard’ e foi visível o companheirismo que os une.

Joana Carreira
18 de fevereiro de 2017, 14:00

A paixão e o companheirismo fazem de Nuno Graciano e Bárbara Elias um casal em perfeita sintonia. Dedicado à sua marca de queijo da Serra da Estrela, a Tio Careca, o empresário e antigo apresentador de televisão sente-se feliz com este novo desafio. E conta com o total apoio da mulher, que, na sua ausência, toma ‘as rédeas’ em casa. Para a ajudar a cuidar das filhas de ambos, Matilde, de 11 anos, e Maria, de sete, Bárbara tem os filhos mais velhos de Nuno, Gonçalo, de 19 anos, e Tomás, de 15.
– Sente-se realizado com este projeto tão diferente da apresentação?
Nuno Graciano – Estou feliz como não me sentia há muito tempo! Primeiro, porque estou muito no meio da natureza e dos animais, que adoro, depois, porque estou a oferecer um produto de excelência. É um sonho antigo tornado realidade: tenho a minha queijaria e com isso recuperei os sabores dos queijos das minhas avós, os verdadeiros sabores de Portugal.
– A Bárbara apoia-o nesta aventura?
– Desde o primeiro minuto, até porque isto ocupa muito do meu tempo, implica muitas viagens, ausências de casa, muitos contactos, e a Bárbara tem de ficar na retaguarda, porque temos filhos, uma casa para cuidar... Ela acredita nisto e tem sido uma companheira, uma excelente amiga, que é muito importante. Isto também está a fazer muito bem à nossa relação, porque é importante saber que tipo de pessoa está ao nosso lado e ter alguém que se vai reinventando. E fazermos coisas diferentes também é um exemplo para os nossos filhos.
– Bárbara, acha que é isso que tem contribuído para o sucesso da vossa relação?
Bárbara Elias – É importante que a pessoa que está ao nosso lado esteja feliz e o facto é que, nestes últimos tempos, o Nuno está muito mais feliz. E isso transmite-se a todos nós. Se uma pessoa está chateada, o ambiente em casa também se torna mais difícil. Ele está de facto feliz e a sentir-se realizado e eu tenho um imenso orgulho nele. Portanto, estamos bem.
– Com o Nuno mais ocupado é a Bárbara que toma conta da casa...
– Pois, tem de ser... [risos]
Nuno – Pois, e eu não me sinto feliz com isso, porque é um bocadinho injusto para ela.
– Como é que gerem a logística com as vossas filhas?
Bárbara – É relativamente fácil. Claro que tudo o que tem a ver com compromissos delas sou eu que garanto, mas o Nuno ajuda mais na cozinha, o que não é nada mau.
– O Gonçalo e o Tomás são protetores com as irmãs?
Bárbara – São muito. E super responsáveis! Se tivermos de sair, ficamos 100% descansados de as deixar com eles. São impecáveis e isso ajuda imenso.
– Então agora têm mais disponibilidade para saídas a dois?
Nuno – Não, estamos muito focados no trabalho.
– Mas sentem falta?
– Sim, porque quando estamos só os dois nunca nos falta assunto e, 12 anos depois, isso é muito importante. Se fizermos uma viagem de carro de cinco horas vamos sempre a conversar.
– Nuno, não tem saudades de fazer televisão?
– Tenho! E vou confidenciar-lhe uma coisa: outro dia fui ao programa da Fátima Lopes (comecei a trabalhar com ela, no estúdio ao lado), e fiquei muito feliz por ter estado na televisão. Quando ia para casa até me emocionei, porque bateu-me a saudade. Quando temos, durante muitos anos, programas de daytime em direto, fazemos companhia às pessoas e acabamos por nos tornar parte da família dessas pessoas... foi uma sensação estranha, porque não percebi se fiquei com saudades de fazer um programa de televisão ou se fiquei com saudades das pessoas que me viam, porque é uma coisa que me cobram muito na rua. Fiquei meio angustiado, nostálgico. Claro que vou voltar, é evidente, são quase 30 anos de televisão, mas vou voltar quando quiser, para onde quiser e com o cargo que quiser.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras