Nas Bancas

Liz Anjos e André Allen Anjos

Liz Anjos e André Allen Anjos

Alberto E. Rodriguez

Português entre os premiados dos Grammy

André Allen Anjos ganhou um prémio na 59ª edição dos galardões do mundo da música.

CARAS
13 de fevereiro de 2017, 11:34

Um português esteve entre os vencedores da 59ª edição dos Grammy. O músico e produtor André Allen Anjos venceu o Grammy de Melhor Gravação Remisturada (Best Remixed Recording) e tornou-se o primeiro português a conquistar esse prémio.

O anúncio ocorreu no site oficial dos Grammy, pois não são todas as 84 categorias que são premiadas durante a cerimónia que aconteceu neste domingo em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Natural do Porto, André Allen Anjos vive nos Estados Unidos há 12 anos, e emocionou-se ao receber a distinção, recordando como tudo começou: "Há dez anos iniciei este projeto no quarto do dormitório (da universidade) e nunca pensei que estaria aqui. Isto é de loucos", declarou ao receber o prémio pelo remix 'Tearing me up', de Bob Moses.

Esta não é a primeira vez que André foi nomeado para um Grammy. Em 2015, concorreu na mesma categoria com o tema 'Say My Name', uma colaboração da dupla de eletrónica norte-americana Odesza com a inglesa Zyra.

Além do reconhecimento num dos maiores prémios da música, o produtor português é um dos fundadores do coletivo RAC (Remix Artist Collective). Fundado em 2007, hoje o projecto só é constituído por ele.

Em uma entrevista ao site P3, em 2012, André declarou que tentou vingar na indústria musical em Portugal, mas as suas tentativas nunca deram resultado, pelo menos a curto prazo, por isso não hesitou quando teve a oportunidade de continuar os estudos no estrangeiro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras