Nas Bancas

GettyImages-634970600.jpg

Christopher Polk

Katy Perry faz crítica a Trump na sua apresentação nos Grammy

O seu nove single, 'Chained To The Rhythm', a cantora faz críticas à atual situação política da América

CARAS
13 de fevereiro de 2017, 17:34

Após lançar, na sexta-feira, a sua nova música, 'Chained To The Rhythm', já era esperado que a apresentação de Katy Perry na noite dos Grammys incluiria uma crítica ao atual momento politico vivido pelos americanos.

A cantora fez a primeira apresentação ao vivo da música ao lado de Skip Marley, neto de Bob Marley, nos Grammy Awards 2017.

Versos como "Estamos loucos? Vivemos as nossas vidas através de lentes" OU "Vivemos numa bolha, não conseguimos ver o problema", fazem referência, não só ao atual momento político dos Estados Unidos com Donald Trump no poder, mas também uma crítica ao sistema geral.

A performance de Katy Perry contou com cercas que representavam o muro que Trump quer construir na fronteira entre os EUA e o México. A cantora ainda usou uma braçadeira onde se podia ler "Persista", fazendo uma crítica aos que se acomodam diante da realidade.

Katy encerrou a apresentação com a frase "We the people" (Nós o povo), escrita no ecrã e com outras citações retiradas da Constituição dos Estados Unidos

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras