Nas Bancas

Julie Sergeant orgulhosa da filha: “A Maria Rita é contestatária e pensa pela cabeça dela”

No final da estreia da peça ‘Vanessa Vai à Luta’, a atriz foi acarinhada nos bastidores do Teatro da Trindade pela mãe, Guida Maria, pelo marido, Cassiano Carneiro, e pela filha de ambos, Maria Rita.

Andreia Cardinali
12 de fevereiro de 2017, 20:00

Na noite da estreia da peça Vanessa Vai à Luta, no Teatro da Trindade, Julie Sergeant contou com a presença e apoio da mãe, a também atriz Guida Maria, do marido, o ator brasileiro Cassiano Carneiro, e da filha de ambos, Maria Rita, de 11 anos. E no final de uma hora de espetáculo, foi a eles que se dirigiu, atirando-lhes um beijo a partir do palco. “O beijo foi para todos, mas em especial para a minha princesa”, confessou mais tarde.
Orgulhosa, Julie contou que vê na filha a personificação da personagem principal desta peça: uma menina que luta pela igualdade de género. “A minha filha é a Vanessa. Ela não segue os parâmetros impostos pela sociedade. Corta os cabelos às bonecas, é contestatária e pensa pela cabeça dela. Para mim e para o Cassiano isso é muito bom. A Maria Rita tem uma personalidade muito própria e vincada e não acredita que as meninas tenham de brincar com bonecas e os meninos com bolas. E eu gosto disso.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras