Nas Bancas

Lady Gaga responde às críticas: “Tenho orgulho no meu corpo”

Cantora recebeu comentários negativos após atuação no Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano.

CARAS
8 de fevereiro de 2017, 16:58

Lady Gaga foi a artista escolhida para animar o intervalo da final do campeonato de futebol americano e embora tenha feito uma atuação brilhante, mas algo contida e sem as polémicas a que nos habituou, não se livrou das críticas. Desta vez, o alvo foi a sua forma física, mais concretamente a sua barriga, que não estaria suficientemente tonificada para ficar a descoberto.
A artista, de 30 anos, não evitou o assunto e recorreu ao Instagram para ‘se justificar’. “Chegou-me aos ouvidos que o meu corpo foi tema de conversa, por isso quero dizer que me orgulho da minha silhueta e todos deveriam orgulhar-se da sua. Não importa quem são ou o que fazem. Eu poderia dar-vos mil motivos para não terem que agradar a nada ou a ninguém para alcançarem o sucesso. Sejam vocês próprias, sempre. É isso que nos torna vencedores. Obrigada a todos os que me apoiam. Adoro-vos”, escreveu na plataforma de partilha de imagens.
Contrariamente ao que se esperava, a artista não enveredou por territórios assumidamente políticos. Contudo, os mais atentos garantem que passou a mensagem de uma forma mais discreta ao interpretar o tema Born This Way – no qual defende o direito à diferença – logo a seguir a God Bless America, canção patriótica de 1918. Muitos viram este gesto como uma mensagem ao Partido Republicano no poder e às suas leis anti-LGBT.

Veja o vídeo da atuação de Lady Gaga no Super Bowl, a 5 de fevereiro de 2017:

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras