Nas Bancas

Vanessa Afonso lembra Nonô no dia do seu aniversário: “Sei que onde está espera por mim”

Leonor completaria hoje oito anos. Morreu a 3 de setembro de 2014.

CARAS
27 de janeiro de 2017, 12:40

Nonô, a menina que emocionou o país a menina de cinco anos cuja batalha contra o cancro emocionou o país e foi seguida por milhares de pessoas nas redes sociais, morreu a 3 de setembro de 2014, mais de um ano depois de lhe ter sido diagnosticado um tumor no rim direito (denominado tumor de Wilms bilateral), em estado avançado.
Na página de Facebook Os Aprendizes da Nonô - onde a sua luta contra o cancro foi acompanhada e que continua agora a divulgar o trabalho da APLAS (Associação Princesa Leonor - Aceita e Sorri), que apoia crianças e jovens com doença oncológica, bem como as suas famílias – a mãe de Leonor, Vanessa Afonso deixou um texto emocionado a assinalar o 8.º aniversário da filha, que se celebraria hoje, 27 de janeiro.
Perguntam-me muitas vezes como se consegue... Como se sobrevive. Eu, consigo lembrando-me que sou uma ‘Rainha’. Que uma ‘Rainha’ segura a sua coroa por forma a que ela não caia. Eu, consigo lembrando-me que sou MÃE e que tal como Maria suportou, se ela suportou, eu também o deverei saber fazer. Já muitas vezes partilhei convosco que nunca ninguém me amou como a LUZ DA MINHA VIDA... Isso basta-me e transborda dentro de mim sem tamanho ou dimensão.
Sou tudo o que sou, porque fui amada sem medida. Esse amor engrandece e protege.
Protege ao ponto de a cada momento de fraqueza e fragilidade, eu conseguir sentir que AINDA ASSIM, mesmo assim, eu não trocaria a minha vida, por nenhuma outra.
A ‘mia Fia’, a LUZ DA MINHA VIDA, faz hoje 8 anos.
Por mais cem que viva, jamais irei esquecer o momento em que a ouvi chorar pela 1ª vez, em que a segurei nos meus braços e a amamentei, em que senti que a minha vida mudaria para sempre naquele instante.
Jamais irei esquecer a forma vibrante e intensa como pronunciava ‘A minha Mãe’ e me fazia sentir única no mundo.

O nº 8 representa a curva do infinito. Hoje vem lembrar-me que assim é o laço que nos une.
Sei por saber que onde está, espera por mim.
A Nonô deixou-me a certeza dos que esperam pelo melhor.
Com ela aprendi que o sorriso é a espada mais forte de um coração nobre e que SORRIR, liberta até os espíritos mais aprisionados.
Aprendi que os dias se tornam mais longos quando os vivemos com amor.
Aprendi também que por muito duro que seja o caminho, o mesmo faz-se caminhando, olhando em frente e de cabeça erguida.
Hoje sinto saudades sem fim. Ainda assim, hoje, mais do que em qualquer outro dia, celebro a sua vida.
A Deus agradeço a honra de ter permitido que a Nonô me escolhesse para sua Mãe.
PARABÉNS LUZ DA MINHA VIDA.
Com amor e o coração doído de saudade, Mãe Vanessa”
, escreveu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras