Nas Bancas

John Legend alvo de insultos racistas

No aeroporto John F. Kennedy, em Nova Iorque.

CARAS
26 de janeiro de 2017, 12:29

John Legend revelou ter sido alvo de insultos racistas recentemente. O incidente ocorreu no aeroporto John F. Kennedy, em Nova Iorque, numa altura em que o cantor estava acompanhado pela mulher, a modelo Chrissy Teigen. E foi a própria quem contou o sucedido nas redes sociais. "Um paparazzi no aeroporto perguntou-me porque é que o John Legend ainda cá estava, já que evoluímos a partir dos macacos", escreveu. Em conversa com a revista Variety, Legend recordou o episódio e acrescentou: "Estávamos ao lado um do outro e olhámo-nos a pensar: 'Ele disse mesmo aquilo?'. E disse. Basicamente, chamou-me macaco".
O intérprete de All OF Me aproveitou para chamar a atenção para o facto de o racismo ainda ser uma realidade muito presente nos Estados Unidos, o que é um paradoxo, uma vez que o país teve um presidente negro, o primeiro, durante os últimos oito anos. “Quando as pessoas queriam descredibilizá-lo [Barack Obama], ou à mulher [Michelle], chamavam-lhes macacos. Não me incomoda que me chamem isso porque sou mais inteligente, mais forte. Desprezo a pessoa que diria tal coisa. Mas é vergonhoso que ainda exista", afirmou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras