Nas Bancas

Paula Caetano recorda Horácio Roque: “O meu marido tinha um coração enorme”

A viúva de Horácio Roque (em cima) esteve na apresentação do novo relógio Swatch Docinho, cujas vendas vão apoiar a Ajuda de Berço.

CARAS
31 de dezembro de 2016, 17:00

É na África do Sul que Paula Caetano passa grande parte do seu tempo. Contudo, sempre que pode, a última companheira de Horácio Roque, que morreu em maio de 2010, vem a Portugal para rever amigos ou acompanhar o trabalho da Ajuda de Berço. E foi precisamente na apresentação do novo relógio Swatch Docinho, cujas vendas vão ajudar aquela instituição, que a CARAS a encontrou. “Tenho um carinho muito especial pela Ajuda de Berço e estou sempre a par do que se passa aqui. Continuo a ter uma vida profissional ativa, mas faço questão de apoiar vários projetos solidários, tanto em Portugal como na África do Sul”, explicou Paula Caetano, que neste final de tarde recordou a generosidade do banqueiro com quem partilhou oito anos da sua vida: “O meu marido tinha um coração enorme. Era uma pessoa extremamente humana e tenho tentado honrar a sua memória continuando a acompanhar as instituições que ele apoiava.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras