Nas Bancas

Angelina Jolie e Brad Pitt: Como será o primeiro Natal após a separação?

Ainda não foi decidido se o ator poderá ver os filhos.

CARAS
22 de dezembro de 2016, 12:04

O conto de fadas vivido durante uma década ao longo de Angelina Jolie e Brad Pitt transformou-se em pesadelo desde o passado mês de setembro, quando a atriz decidiu dar início ao processo de divórcio. Desde então, e após uma queixa de alegados maus tratos ao filho mais velho, Maddox, de 15 anos, Pitt apenas está autorizado a ver os filhos – tem mais cinco, Pax, de 13, Zahara, de 11, Shiloh, de dez, e os gémeos Knox e Vivienne, de oito, – sob vigilância. De facto, apesar de a investigação ter concluído que não havia motivos para acusar o ator, a Comissão de Proteção de Menores determinou que todos os contactos entre pai e filhos têm de ser supervisionados por uma dos terapeutas que acompanha o processo.
Assim, e com o Natal a chegar, ainda não está decidido se Brad Pitt poderá estar com as crianças, cuja guarda provisória foi entregue a Angelina Jolie. Como tal, no dia 24 a estrela do filme Sacanas Sem Lei será excluída da reunião familiar e apenas poderá estar com os filhos no dia 25 durante algumas horas ao final do dia, caso a equipa de terapeutas assim o decida.
O processo de divórcio ainda está a decorrer e, pelas notícias que têm vindo a público, as coisas não estão nada favoráveis para o ator, de 53 anos. O seu pedido para que todos os documentos usados durante esta batalha legal se mantivessem em segredo foi recusado pelo juiz. Os seus representantes defendem que esta é uma forma de proteger a privacidade das crianças, mas os advogados de Angelina Jolie garantem que o único interesse é manter a salvo de possíveis retaliações o ator.
Recorde-se que Pitt também pediu que as visitas durassem mais uma hora ou pelo menos trinta minutos, o que os especialistas que as acompanham consideraram que isso não seria benéfico para os miúdos.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras