Nas Bancas

Bernardo Pinto Coelho: “A Joana é definitivamente o meu milagre”

Apesar das limitações físicas, Bernardo mantém o otimismo e a alegria de viver, tal como a CARAS testemunhou no dia em que foi apoiar o pai no lançamento de um novo livro, onde esteve com a mulher, Joana.

Cláudia Alegria
11 de dezembro de 2016, 10:00

“É importante continuar a fazer exercício físico mas, sobretudo, ter muito cuidado com a alimentação. É fundamental. Quando fui morar com o meu pai, durante um ano e oito meses, mudei toda a minha alimentação e senti logo a diferença”, contou Bernardo Pinto Coelho à CARAS no lançamento do livro do pai, Manuel Pinto Coelho, Chegar Novo a Velho – Receitas, onde esteve acompanhado pela mulher, Joana Horta e Costa, com quem se casou há seis meses. “O Bernardo, de facto, é muito rigoroso com a alimentação, mais do que eu. Não prevarica em cada. Aliás, percebe-se logo pela cor da pele dele!”, revelou Joana, que tem sido incansável no apoio ao marido, que sofre de E.L.A., uma doença degenerativa caracterizada por uma paralisia progressiva dos neurónios responsáveis pelos movimentos do corpo. “Ela cuida de mim de uma forma extraordinária, mima-me imenso. A Joana é, definitivamente, o meu grande milagre”, assegurou Bernardo, de 43 anos, que continua a trabalhar no espaço Coconuts, em Cascais, como DJ residente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras