Nas Bancas

Patrícia Mamona: Batismo de pista “apadrinhado” por Manuel Gião

A atleta olímpica aceitou o convite do piloto e entrou, sem medos, num carro de competição. O que Patrícia não esperava era sair da pista do Autódromo do Estoril com as pernas a tremer, mas ‘vingou-se’ ao exigir que Gião tentasse um salto à sua altura.

Cláudia Alegria
8 de dezembro de 2016, 16:00

São ambos atletas de alta competição e há muitos anos que treinam para chegar sempre mais longe e mais rápido. No entanto, nunca se tinham cruzado até ao dia em que Patrícia Mamona aceitou o desafio de Manuel Gião para fazer o batismo de pista no Autódromo do Estoril. “Quis partilhar as emoções que tenho dentro do carro com algumas pessoas, dando uma volta ao circuito e mostrando as potencialidades do carro. E do piloto também [risos]”, explicou Manuel Gião à CARAS, revelando que as primeiras curvas foram feitas “muito devagarinho”, a pouco mais de 100km/h, mas que na reta final, o ponteiro da velocidade já apontava 240 km por hora.
Foi espetacular. Pura adrenalina. Sendo atleta de alta competição, estou habituada à adrenalina e pensei que conseguia controlar mais os nervos, que não iria sair do carro em estado de pânico, como algumas pessoas que foram batizadas antes de mim. A verdade é que, tal como os outros, saí com os braços e as pernas a tremer e o coração a bater mil à hora, mas super eufórica e contente. Adorei! Medo tive apenas no início, mas rapidamente me habituei ao modo de condução do Manuel”, admitiu a atleta de triplo salto que, em jeito de ‘vingança’, desafiou o piloto, de 45 anos, a ensaiar um salto em altura.
A Patrícia parece ter molas nos pés, é incrível a altura que ela atinge! Eu tentei dar o meu melhor, mas tenho uma lesão no ligamento cruzado de um dos joelhos e não podia abusar muito... Aliás, vou ser operado logo depois da final do Campeonato Nacional, que é disputado este domingo, dia 27, aqui no autódromo”, justificou o piloto.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras