Nas Bancas

Banco do Bebé reúne dezenas de mulheres em almoço solidário

“Precisamos sempre de angariar fundos, de divulgar o projeto e de voluntários”, afirma Marina Arnoso.

CARAS
26 de novembro de 2016, 18:00

Nascido há 26 anos na Maternidade Alfredo da Costa, o Banco do Bebé vive exclusivamente de donativos, pelo que depende em grande parte de iniciativas como esta que a sua presidente, Marina Arnoso, organizou há dias: um almoço de solidariedade a bordo do barco da Confeitaria Nacional. “Estamos longe de conseguir o que queremos. Precisamos sempre de angariar fundos, de divulgar o projeto e de voluntários. Não temos ajudas do Estado e mesmo assim conseguimos fazer um trabalho fantástico com todas as famílias que apoiamos”, explicou a presidente da associação, que apoia não só recém-nascidos, como os primeiros anos de vida dessas crianças. “O difícil é conseguir que as famílias tenham capacidade para depois tomarem conta dos bebés, terem trabalho e conseguirem sustentar-se”, acrescenta Marina Arnoso. “Na Maternidade Alfredo da Costa apoiamos recém-nascidos, com enxoval e alcofa, e depois, todos os meses têm acesso às consultas no Serviço Social. Damos também um apoio mensal, com fraldas, produtos de higiene, roupas, carrinhos e camas. Por dia, são mais de quinze as famílias que apoiamos, com os nossos cem voluntários. É um trabalho que me deixa muito orgulhosa”, conclui

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras