Nas Bancas

Revelada a causa da morte de Leonard Cohen

O cantor morreu durante o sono, após uma queda a meio da noite, em casa.

CARAS
18 de novembro de 2016, 10:02

Leonard Cohen morreu no passado dia 7 de novembro, aos 82 anos, em Los Angeles, mas a notícia só foi tornada pública no dia 11 pelo seu agente, Robert B. Kory. Nesses quatro dias, a família teve a oportunidade de organizar as cerimónias fúnebres e despedir-se do artista numa cerimónia privada em Montreal, Canadá.
Foi também o agente que agora revelou as causas da morte do intérprete de temas como Dance Me To The End of Love ou Hallelujah. “Leonard Cohen morreu durante o sono depois de uma queda a meio da noite na sua casa de Los Angeles”, informou em comunicado, adiantando que embora tenha sido “inesperada e repentina” foi uma “morte tranquila”.
Nascido em Montreal a 21 de setembro de 1934, numa família judaica, Cohen teve uma infância marcada pela morte do pai quando tinha apenas nove anos. Era um apaixonado pela poesia do espanhol Federico García Lorca e começou por dedicar-se à literatura antes de enveredar pelo mundo da música, tendo escrito mais de uma dezena de livros. Só em 1967 lançou o seu primeiro álbum, Songs of Leonard Cohen. No mês passado apresentou o seu 14.º disco, You Want It Darker, e em entrevista à revista New Yorker confessou-se pronto para morrer, embora ainda tivesse livros, canções e poemas para terminar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras