Nas Bancas

Brad Pitt livre das acusações de maus-tratos ao filho mais velho

Os responsáveis pelo caso consideraram que não houve agressão por parte do ator.

CARAS
10 de novembro de 2016, 10:02

A investigação a Brad Pitt sobre os alegados maus tratos ao filho mais velho, Maddox, de 15 anos, foi encerrada. O Departamento de Infância e Família de Los Angeles determinou que não houve qualquer agressão física ou verbal por parte do ator, adianta o site de celebridades TMZ.
Um dos motivos que levou Angelina Jolie a pedir o divórcio a Brad Pitt foi a alegada relação conflituosa e até agressiva do ator com os seis filhos – Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Knox e Vivienne – segundo a imprensa norte-americana, mas a verdade é que a própria atriz já tinha decidido que não havia razões para avançar com este processo, que resulta de uma queixa apresentada por uma pessoa exterior à família. Como base, tinha uma discussão entre pai e filho no avião privado do ex-casal, no passado dia 14 de setembro.
Com o processo de divórcio a decorrer, Angie e Brad chegaram a acordo no que refere a guarda das crianças. “A mãe terá a custódia dos seis filhos e o pai continua a ter visitas terapêuticas”, informou na segunda-feira, dia 7, um representante da atriz. Fontes próximas de Angelina, citadas pela CNN, garantem, no entanto, que este acordo não é definitivo, uma vez que a atriz pretende que a guarda dos filhos lhe seja entregue, enquanto o ator quer ter a guarda partilhada.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras