Nas Bancas

Celebridades reagem à vitória de Donald Trump

Os comentários surgiram rapidamente nas redes sociais.

CARAS
9 de novembro de 2016, 11:37

À medida que foram conhecidos os resultados da grande noite eleitoral nos Estados Unidos, surgiram reações das celebridades à vitória de Donald Trump, muitas delas apoiantes da democrata Hillary Clinton.
Nas redes sociais, os comentários das estrelas da música, bem como do cinema, fizeram-se ouvir.
Ariana Grande (cantora): "Bem, isto é absolutamente aterrorizante"
Katy Perry (cantora): "Não fiquem quietos. Não chorem. Nós não somos uma nação que permitirá que o ÓDIO nos conduza"
Demi Lovato (cantora): "Onde está a Olivia Pope quando precisamos dela"
Snoop Dogg (rapper): "Nunca subestime o poder de pessoas estúpidas em grandes grupos"
Cher (cantora): "Se ele ganhou, então vai continuar a ser o que foi até agora. Como a Alemanha ganhou nos anos 30, há muita raiva, medo que nos está a consumir"
Ellen DeGeneres (apresentadora): "Hillary Clinton, independentemente da forma como isto acabe, sinto-me muito orgulhosa e honrada de ser tua amiga"
Kristen Bell (atriz): "Mais alguém quer vomitar?"
Shonda Rhimes (argumentista): "A sério, gente? Toda a gente pode ser Presidente?"
Will Arnett (ator): "Como explicamos isto às futuras gerações de mulheres? E às minorias?"
Lady Gaga (cantora): "Reza, América"
Lily Allen (cantora): "Não poderia ser mais claro. Misógino inqualificável vence mulher competente e com experiência na diplomacia"
Michelle Rodriguez (atriz): "Pergunto-me na história americana quando é que as mulheres eram verdadeiramente celebradas, não como mulher, mãe ou irmã, mas como um ser humano capaz de liderar e orientar"
Guillermo del Toro (realizador): "O mundo mudou. O que somos, em quem acreditamos, o que defendemos (cada um de nós) será tão verdadeiro amanhã como é hoje"
Steven Seagal (ator): "Parabéns ao Donald Trump pela impressionante vitória em relação ao seu adversário. Ansioso para fazer a AMÉRICA grande novamente"
Chris Evans (ator): "Esta é uma noite embaraçosa para a América. Permitimos que um traficante de ódio liderasse a nossa nação. Deixámos um homem mau definir o nosso curso. Estou devastado"

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras