Nas Bancas

Barack Obama assume ter ajuda extra para lidar com os pretendentes das filhas

Malia e Sasha tem 18 e 15 anos, respetivamente.

CARAS
9 de novembro de 2016, 18:07

Barack Obama diz-se “completamente relaxado” no que toca à vida amorosa das suas filhas, Malia, de 18 anos, e Sasha, de 15. Embora admita que esse é um motivo de preocupação, o ainda presidente dos Estados conta que tem dois aliados que o ajudam a lidar com esta situação: a mulher, Michelle, e os serviços secretos norte-americanos. “A Michelle é um grande exemplo de como [uma mulher] se impõe, de autoestima, de independência e do facto de não precisar da aprovação de um rapaz para se sentir confiante e também de não deixar que a julguem por algo que não seja o seu caráter e a sua inteligência”, disse há poucos dias durante uma entrevista radiofónica. Além disso, Obama referiu que ele próprio se considera um exemplo, na medida em que mostra às filhas como um homem deve agir perante uma mulher.
Mas foi quando se referiu à ajuda extra dos serviços secretos, que o chefe de Estado mostrou o seu lado mais divertido. “Alguns pretendentes – que já estiveram na Casa Branca – sabem exatamente onde se estão a meter. E eu também faço questão de lhes explicar e mostrar que estamos todos muito atentos”, brincou.
Resta saber se agora que está de saída da Casa Branca e a vigilância será menos apertada, Barack Obama poderá ‘controlar’ tão facilmente os namorados de Malia e Sasha.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras