Nas Bancas

Cleo Pires: “Adoro estar solteira, não sinto falta de ter alguém ao meu lado”

A atriz brasileira que dá vida a Tamara em “Sassaricando – Haja Coração”, a novela que está em exibição na SIC, revelou como tem ultrapassado o fim da sua relação com o ator Rômulo Neto, com quem namorou três anos.

CARAS
5 de novembro de 2016, 16:00

Determinada, independente e cheia de estilo. É assim Tamara, a personagem a que Cleo Pires dá vida em Sassaricando – Haja Coração, a novela que está em exibição na SIC e que é um remake do original de 1987. Um papel que a filha de Glória Pires e Fábio Jr., de 33 anos, está a gostar de desempenhar. À CARAS Brasil, a atriz estabeleceu um pequeno paralelismo entre a ficção e a vida real: “A Tamara é viciada em adrenalina, eu não sou. Já o fui de alguma maneira, mas nunca de uma forma tão forte como ela.” Mas há mais em comum entre Cleo e Tamara: “A energia, a impulsividade, a paixão pela vida, o amor pela família, o amor por aquilo que faz. A vontade de ser melhor, sempre.”
E por falar em amor, a atriz brasileira, que está solteira desde que terminou o namoro de três anos com o ator Rômulo Neto, revelou que continua a acreditar no amor e que é romântica, mas que neste momento está a adorar a vida de solteira, tal como confessou à CARAS Brasil: “Adoro estar solteira, não sinto falta de ter alguém ao meu lado neste momento.” E ainda explicou o motivo da distância entre os dois: “Quando se termina uma relação, é preciso haver uma distância, por mais que se ame aquela pessoa, por mais que queiramos ser amigos. É preciso criar novos hábitos, reaprender a viver o dia-a-dia. E isso só se consegue se nos distanciarmos.” Quanto a planos para ser mãe, Cleo Pires declara: “Sou muito maternal e acho que vou acabar por ser mãe, mais cedo ou mais tarde.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras