Nas Bancas

Dragões de Ouro entregues no Porto

Pinto da Costa apelou à identidade portista numa noite em que teve a companhia da filha, Joana.

CARAS
25 de outubro de 2016, 17:10

O Coliseu do Porto voltou a receber a gala dos Dragões de Ouro, que distingue anualmente os melhores do Futebol Clube do Porto. O presidente do clube, Jorge Nuno Pinto da Costa, foi o primeiro a chegar, na companhia da filha, Joana, e no seu discurso afirmou: "Parabéns a todos os vencedores, justos, do galardão que aqui receberam. Cada um à sua maneira vai viver essa satisfação. Queria que ficasse a lição que todos nos dão de que somos Porto. E somos mesmo, quem julgar que alguma vez vamos deixar de o ser vai ter muitos desgostos pela vida fora. E aqueles que nos fazem enterros prematuros vão falir como armadores. Nós vamos continuar vivos, vamos continuar unidos, vamos ser Porto."
O presidente da autarquia portuense também esteve presente nesta 29ª gala dos Dragões. Rui Moreira realçou que "o FC Porto é uma das grandes instituições da cidade e muito do renascimento do Porto tem que ver com o que o clube tem feito. Se todas as nossas atividades, indústrias e instituições estivessem ao nível do FC Porto estaríamos melhor. O FC Porto é exemplo".
Vestidos a rigor, os atletas fizeram-se acompanhar pelas mulheres numa noite de festa da família portista. No centro de todas as atenções voltaram a estar Iker Casillas e Sara Carbonero. A jornalista espanhola deslumbrou com um vestido da Temperley London, mostrando-se cada vez mais "em casa" no Porto.
Durante a gala, foram muitas as caras conhecidas do clube, da cidade e do Porto Canal que subiram ao palco para entregar os Dragões de Ouro. Eleito Futebolista do Ano, Danilo Pereira declarou: "A nível pessoal, foi um ano em que os meus sonhos se tornaram realidade. Vim para o FC Porto, que era um sonho, e fui campeão europeu a nível da seleção. Foi um ano muito gratificante para mim e receber este prémio é muito significativo para mim." Os restantes premiados foram: Atleta do Ano, o ciclista Rui Vinhas; Atleta Revelação, o médio ofensivo André Silva; Atleta Jovem, a pugilista Sara Filipa Pinto; Treinador do Ano, Luís Castro; Atleta de Alta-competição, o basquetebolista Brad Tinsley; Atleta Amador, o bilharista Torbjorn Blomdahl; e Dirigente do Ano, Vítor Hugo.
Houve ainda tempo para as atuações ao vivo de Aurea, Sofia Escobar, Pedro Abrunhosa, Deolinda, Alberto Índio e Nuno Norte.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras