Nas Bancas

Jim Carrey acusado de passar doenças sexualmente transmissíveis à ex-namorada

Pela mãe de Cathriona White.

CARAS
23 de outubro de 2016, 11:02

Passou mais de um ano sobre a morte de Cathriona White, mas Jim Carrey continua a ser alvo de acusações relacionadas com este assunto. Primeiro foi o ex-marido da maquilhadora, Mark Burton, a acusá-lo de ser responsável pela tragédia, pois esta sofreu uma overdose de medicamentos que conseguiu através dele, e depois a mãe, pelo mesmo motivo. E agora Brigid Sweetman diz ainda que, antes de começar a namorar com Cathriona White, em janeiro de 2013, Jim Carrey fez testes que acusaram herpes, clamídia e Hepatite A, e cujos resultados deram positivo e só agora foram revelados. De acordo com o Daily Mail, o processo onde constam esses exames tem o nome de Jose Lopez, mas será apenas uma forma de manter o anonimato do ator. Brigid Sweetman alega que a estrela do filme A Máscara sabia que sofria dessas doenças sexualmente transmissíveis e, ainda assim, manteve relações sexuais desprotegidas com Cathriona, omitindo-lhe a sua condição de saúde. Depois, quando a companheira descobriu que estava infetada, o ator terá insinuado que as doenças tinham sido contraídas em relacionamentos anteriores.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras