Nas Bancas

Joaquim de Almeida recorda a mãe, sob o olhar carinhoso da namorada e da filha

No dia da estreia do filme “O Poder da Música”, que protagoniza, o ator posou ao lado da namorada, Sandra Cóias e da filha, Ana, depois de uma sessão fotográfica sozinho.

CARAS
17 de outubro de 2016, 10:00

Há nove anos, Joaquim de Almeida perdeu a mãe, vítima da doença de Alzheimer. E esta doença é precisamente o tema central do filme O Poder da Música, que o ator português protagoniza e apresentou há dias no El Corte Inglés, numa antestreia onde contou com a presença da namorada, a atriz Sandra Cóias, e da filha, Ana, de 14 anos. “A minha mãe teve Alzheimer na sequência de um acidente de carro que sofreu aos 77 anos. Foi isso que provocou um coágulo que mais tarde desencadeou a doença. Este filme foi feito há dois anos e todos os atores envolvidos tinham esse elo em comum, a relação com o Alzheimer. Para mim, foi uma forma de honrar a memória da minha mãe. Saí de casa aos 17 anos e no fundo só vivi esse tempo com ela, mas nos outros 70 anos ela apoiou-me tanto que acho que tenho a obrigação de retribuir da forma que posso”, desabafou o ator.
Estes meses de gravações despertaram recordações sobre as visitas que Joaquim fez a Lisboa durante os dez anos em que a mãe esteve doente: “Eu vinha a Portugal de seis em seis meses e notava muito as diferenças. É muito duro, mas achei que tinha de fazer este trabalho e queria muito estrear em Portugal. Sei da quantidade de pessoas que sofrem com Alzheimer e dos traumas que isso causa, além da falta de ajuda que está disponível para essas pessoas.”
Prestes a regressar aos Estados Unidos, mais concretamente a Dallas, onde irá morar nos próximos tempos por motivos profissionais, o ator deixará a família em Portugal. “A Ana já está habituada a que a vida do pai seja assim e a Sandra deve ir ter comigo assim que puder, mas ainda não sabemos como será”, adiantou Joaquim.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras