Nas Bancas

Sofia Jardim e Domingos Amaral: “É difícil voltar à rotina após as férias”

A relações-públicas e o escritor abriram as portas da sua casa, em Belém, e contaram como os hábitos familiares têm de se adaptar à época escolar.

CARAS
16 de outubro de 2016, 08:00

Para quem tem filhos, o regresso às aulas é sempre uma verdadeira azáfama, e Sofia Jardim e Domingos Amaral não fogem à regra. “A maior dificuldade é sempre sair da falta de rotina das férias e voltar a ter horas para deitar e acordar”, explicou a relações-públicas enquanto preparava Leonor, de sete anos, e Luz, de cinco, para as deixar na escola antes de iniciar um dia de trabalho. Atento e participativo, o jornalista e escritor também foi explicando como ambos se preparam para o ano letivo.
– O regresso às aulas também traz uma preparação para os pais...
Domingos Amaral –
Sem dúvida. Uma das coisas boas das férias das crianças é os pais não terem a obrigação de acordar muito cedo. Isso acaba por ser cansativo e também nós temos de voltar à rotina e passar por uma fase de habituação, mas já se sabe que as primeiras semanas são assim. Depois entramos todos na rotina, como é normal.
– Com elas ainda não há um grande peso associado aos trabalhos de casa.
Já começa a haver. No verão tivemos de fazer trabalhos com a Leonor. Ela já sabe ler, escrever, falar inglês e essas coisas têm de ser revistas, para que não percam o que assimilaram. A Sofia esteve muito empenhada nisso.
– É então à Sofia que cabe essa tarefa?
Sofia Jardim –
Por enquanto. Quando começar a complicar vai ser o Domingos [risos]. A Leonor não adora fazer trabalhos de casa e há sempre um momento de tensão, mas depois corre bem e acho engraçado ter a possibilidade de voltar às coisas básicas.
– Na vossa vida familiar acaba por ser uma nova fase.
Sim e é muito giro ter uma filha que de repente já lê.
Domingos – Apesar de eu já ter passado por isso com os mais velhos [Carolina e Duarte, do primeiro casamento], todas as crianças são diferentes e cada uma tem a sua particularidade na maneira como lida com as etapas da vida. Mas para os pais esta é uma fase deslumbrante.
– Procuram estimulá-las além do que aprendem na escola?
Sofia –
Nestas idades elas devem é brincar. Claro que gosto que a Leonor leia um livro, mas não é preciso apressar. Têm tempo, ainda são crianças.
Domingos – Eu sou um bocadinho mais defensor da exigência escolar, até porque fui habituado a isso na mesma escola onde elas andam. Acho que faz bem e faz o cérebro deles funcionar de uma maneira mais rápida, mas concordo que em casa também precisam de brincar.
– Sendo escritor, tenta criar nelas o hábito da leitura?
Não sinto que por ser escritor dê uma atenção maior a isso, mas sim porque acho importante e porque gosto de lhes inventar histórias além de lhas ler. Para mim, o importante é que elas se sintam felizes e bem com qualquer atividade.
– Elas têm idades próximas. Devem ter uma relação engraçada...
Sim, é muito gira de ver. A Luz, por imitação, já faz algumas coisas e beneficia do que a irmã mais velha sabe e faz.
– E são muito diferentes uma da outra?
Completamente. A Leonor é mais serena, gosta de estar em casa e sai ao pai, mas por outro lado é desafiadora e acho que nisso sai à mãe [risos]. A Luz é mais fácil nesse sentido, não contesta muito, mas é mais solta e nisso sai à mãe. Cada uma delas tem características de nós os dois.
– Agora já têm mais tempo para os dois?
Sofia – Acho que sim. Em pequenas precisavam mais da nossa presença, este verão sentimos que estão mais independentes. Mas também sempre fizemos um esforço para estar muito presentes.
– Essa independência desperta a vontade de terem mais filhos?
Não, está fora de questão. Agora só netos, vou pôr a pressão na Carolina [risos]. Um bebé agora tiraria o foco no acompanhamento de ambas. Prefiro dedicar-me a elas e estamos muito bem assim.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras