Nas Bancas

Ana Rita Clara e Hugo Madeira encantados com o filho, Caetano

A apresentadora e o médico dentista posaram para a CARAS com o bebé no dia em que saíram da maternidade.

Andreia Cardinali
10 de outubro de 2016, 12:52

Enquanto percorria os corredores do Hospital Lusíadas Lisboa a caminho de casa, percebia-se na troca de palavras com os enfermeiros com quem se ia cruzando a enorme felicidade de Ana Rita Clara. Tinham passado pouco mais de 48 horas do nascimento do seu primeiro filho, Caetano, fruto do seu casa­mento com Hugo Madeira, e a apresentadora reconhecia: “Estou tão feliz! Sinto-me numa bolha de amor. É difícil para mim ficar sem palavras e agora, ao tentar falar do meu filho, fico rapidamente. Nestas 48 horas o meu mundo mudou. Sou outra pessoa, muito mais completa, muito mais feliz.”
Embevecida e apaixonada pelo filho, Ana Rita contou, ainda no quarto onde a fotografámos, como o parto foi tudo aquilo que imaginou: “Foi maravilhoso e rápido. Correu muito bem. Dei entrada na véspera, de madrugada, depois de me rebentarem as águas. Felizmente foi tudo muito natural, tal como eu queria e sempre desejei. O Caetano escolheu o seu dia para vir ao mundo e foi tudo muito gradual. Quando chegou o momento do parto, foi tudo muito fluído. É realmente um momento mágico que nos transforma completamente.” A seu lado esteve sempre o marido: “Temos uma relação muito cúmplice e desde o início que eu sabia que o meu amor maior estaria presente, sempre incansável e fundamental para mim. Enquanto o parto decorria, acho que ambos só pensávamos no nosso bebé, mas claro que ter a mão dele a segurar a minha foi muito importante”, recordou.
Enquanto preparava Caetano para o regresso a casa, Ana Rita confessava: “Foi um amor incondicional ao primeiro grito, à primeira vista, ao primeiro contacto. Ele é exatamente igual à imagem que eu tinha de como ele seria.”
O nome fazia parte das escolhas prévias do casal, mas só foi decidido após o nascimento: “Ao longo dos meses fomos tendo algumas ideias do que queríamos, mas tínhamos decidido que quan­do o tivesse no peito após o seu nascimento tomaríamos a decisão. Olhámos para ele e foi instantâneo.” Caetano nasceu dia 22 de setembro, às 8h39, com 3,640kg e 52cm.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras