Nas Bancas

Andy Murray assediado por admiradora

Número dois do ‘ranking’ mundial de ténis diz que a mulher que o perseguiu chegou a entrar no seu quarto de hotel e acordá-lo com carícias no braço.

CARAS
7 de outubro de 2016, 12:43

Andy Murray revelou esta terça-feira, dia 4, que foi perseguido há alguns anos por uma admiradora. Numa entrevista de promoção da Premier League Tenis International, o escocês, de 29 anos, falou deste episódio após ser questionado sobre “a coisa mais louca” que lhe aconteceu com fãs. “Num dos torneios em que participei, ela era empregada no hotel onde fiquei instalado. Eu tinha colocado o aviso ‘não incomodar’ na porta e a empregada veio, sentou-se na minha cama e começou a acariciar-me o braço, por volta das 7h00 da manhã, enquanto eu ainda estava a dormir”, lembra o número dois do ranking mundial de ténis. “Depois voltei a encontrar-me com ela em vários torneios, em hotéis em Roterdão ou Barcelona. Não sei se são ‘coisas de fã’, mas foi o mais estranho que já me aconteceu”, conclui.
A confissão gerou curiosidade e o tema voltou a ser abordado mais tarde em conferência de imprensa. “Aconteceu há muito tempo, uns seis anos. Durou praticamente doze meses e de repente acabou. Foram meses muito estranhos para mim, estava em hotéis diferentes pelo mundo e encontrava sempre a mesma pessoa, e ela por vezes entrava no meu quarto”, explicou.
Andy Murray está casado com Kim Sears desde abril de 2015, após dez anos de namoro. A primeira filha do casal, Sophia, nasceu no último dia 7 de fevereiro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras