Nas Bancas

António Guterres diz sentir “humildade e gratidão”

O antigo primeiro ministro-português foi hoje aclamado novo secretário-geral das Nações Unidas. Durante o discurso realizado no Ministério dos Negócios Estrangeiros falou em quatro línguas, português, inglês, francês e espanhol.

Lusa/CARAS
6 de outubro de 2016, 17:44

O futuro secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou hoje em Lisboa que sente "humildade e gratidão", depois de o Conselho de Segurança ter indicado o seu nome, por unanimidade e aclamação, para liderar a ONU.
O antigo primeiro-ministro português iniciou, com estas palavras, a sua primeira declaração após a decisão do Conselho de Segurança, falando no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa.
O Conselho de Segurança da ONU escolheu hoje por unanimidade e aclamação o antigo primeiro-ministro português António Guterres como secretário-geral da organização.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras