Nas Bancas

Melissa Etheridge defende o amigo Brad Pitt

A cantora diz-se ‘de coração partido’ por ver o ator impedido de estar com os filhos.

CARAS
5 de outubro de 2016, 10:39

O divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt continua a fazer correr muita tinta na imprensa internacional e desta vez foi Melissa Etheridge a falar nesta mediática separação. A cantora norte-americana é amiga do ator há muitos anos – foi, inclusivamente, responsável pela animação musical do primeiro casamento deste, com Jennifer Aniston, em 2000 – e à rádio Sirius XM confessou estar “de coração partido” com o facto de Angelina Jolie não permitir que o ex-marido veja os filhos de ambos.
Embora reconheça que nos últimos anos não têm tido muito contacto, Etheridge garante que a amizade permanece e que não acredita nas notícias que falam em agressão de Brad Pitt a uma das crianças.
Nesta ocasião, a artista mostrou ainda a vontade de ver o ator, de 52 anos, reatar algumas amizades antigas, agora que o seu casamento com Angie terminou. “Tenho esperança que ele volte a falar connosco, sei que muitos de nós não falam com ele há mais de dez anos. Somos um grupo grande de amigos e para muitos é como se ele de repente tivesse desaparecido”, acrescentou.
Refira-se que, entretanto, Angelina Jolie e Brad Pitt chegaram a acordo temporário sobre a custódia dos filhos, Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox. Segundo a imprensa internacional, a atriz ficará com a guarda total das seis crianças, em Los Angeles, e o ex-marido terá direito a visitas frequentes, sendo que a primeira será supervisionada por um terapeuta, que decidirá posteriormente se terá de estar presente nas semanas seguintes.
O acordo é válido até ao próximo dia 20 de outubro. “É um acordo completamente voluntário (e não determina as modalidades de guarda de maneira definitiva”, afirmou uma fonte à revista People.
Além disso, ficou acordado que a estrela do filme Tróia terá de realizar testes de álcool e drogas, apesar de Pitt já se ter submetido aos exames voluntariamente, tendo estes dado resultado negativo.
O site de celebridades TMZ refere ainda que Jolie, de 41 anos, não avançará com a acusação de agressão em tribunal, relacionada com o episódio do avião privado da família no passado dia 14 de setembro, em que Brad terá alegadamente maltratado o filho mais velho, Maddox, de 15 anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras