Nas Bancas

Jennifer Aniston diz que separação de Angelina Jolie e Brad Pitt foi ‘karma’

O ator era casado com Aniston quando se apaixonou por Jolie.

CARAS
22 de setembro de 2016, 15:06

Foram muitos os que reagiram com incredulidade à notícia do divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt, mas a ex-mulher do ator, Jennifer Aniston, não terá ficado surpreendida. “Ela sempre achou que ia acontecer algo entre eles. Mas também sentia que a Angelina não era a mulher certa para o Brad. Sempre achou que ela era uma pessoa demasiado complexa e ele é um homem muito simples”, conta uma fonte próxima de Jennifer Aniston à revista US Weekly, referindo ainda que a atriz, de 47 anos, falou em “karma”. Isto porque quando Brad Pitt se apaixonou por Angelina Jolie, nas gravações do filme Mr. e Mrs. Smith, ainda estava casado com Aniston. Uma segunda fonte citada pela publicação garante que a atriz de série Friends “admite sentir-se satisfeita com a separação embora nunca tenha desejado que isso acontecesse”. “A Jen quer o melhor para o Brad. Ela está feliz e quer que ele também o seja. Não guarda ressentimentos”, acrescenta.
Jennifer Aniston e Brad Pitt separaram em 2005, após cinco anos de união. Pouco depois, o ator e Angelina Jolie assumiram publicamente a paixão que sentiam um pelo outro. O casamento, porém, só aconteceu em 2014, na propriedade que compraram no sul de França. Juntos adotaram três crianças, Maddox, de 15 anos, Pax, de 12, e Zahara, de 11, e tiveram mais três filhos biológicos, Shiloh, de dez anos, e os gémeos Knox e Vivienne, de oito.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras