Nas Bancas

0.jpg

DR

Fim da novela que Domingos Montagner estava a gravar mantém-se inalterado

Por vontade da família.

CARAS
20 de setembro de 2016, 09:56

Domingos Montagner estava numa pausa das gravações da novela Velho Chico, onde vestia a pele de Santo dos Anjos, quando morreu afogado no rio São Francisco, no Estado brasileiro de Sergipe. Dada a tragédia, autores e produção da trama quiseram saber a vontade da família quanto ao rumo da história. Um dos autores, Bruno Luperi, revelou que a mulher de Montagner, Luciana Lima, teve a oportunidade de decidir: “Acima do ator, existe o pai, o marido e o homem. Por isso, antes de definirmos alguma coisa, fizemos questão de conversar com a família. Falei com a Luciana e ela pediu-me para continuar o trabalho tal como o marido sempre fez. Por eles, continuaremos com o mesmo empenho que Domingos sempre dedicou ao seu ofício. Esperamos encontrar na arte uma maneira de nos despedirmos desta grande personagem que ele nos ofereceu, da maneira que ele gostaria que acontecesse”.
O final da história mantém-se, assim, inalterado e Luperi promete muita emoção: “Todos devemos encarar o que resto de Velho Chico como um presente, o último que ele nos deixou”.
Recorde-se que Domingos Montagner tinha 54 anos, era natural de São Paulo e estava casado desde 2002 com a produtora Luciana Lima. Deixa três filhos: Leo, de 13 anos, Antônio, de oito, e Dante, de cinco. No momento da tragédia estava acompanhado pela colega Camila Pitanga que deu uma entrevista emocionada a relatar os acontecimentos. Clique aqui para ver.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras