Nas Bancas

Caso entre Brad Pitt e Marion Cotillard pode estar na origem do fim do casamento com Angelina Jolie

Angelina Jolie apresentou os documentos para avançar com o divórcio esta segunda-feira, dia 19.

CARAS
20 de setembro de 2016, 17:04

Um caso extraconjugal de Brad Pitt com Marion Cotillard poderá ser o motivo do pedido de divórcio de Angelina Jolie. De acordo com a rubrica Page Six do jornal New York Post, o protagonista de Tróia e a atriz francesa ter-se-ão envolvido há alguns meses durante as gravações do filme Allied, em Londres. “Ela contratou um detetive particular porque não estava a conseguir gerir o facto de ele estar longe a gravar e acabou por descobrir que ele a traiu”, contou uma fonte à publicação. “Quanto mais velha está, mais madura fica e está cansada de Hollywood. Ele quer fazer filmes e ela não”, acrescentou.
Já a revista InTouch avança que Jolie não estava satisfeita com a forma como o marido lidava com os seis filhos, tendo este recusado passar os últimos dias das férias de verão em família e preferido viajar com os amigos para a Croácia. “Assim que ele saiu de casa, a Angelina começou a chorar, sentindo que tinha perdido o marido para sempre”, afirmou outra fonte.
O casal já fazia vidas separadas há vários meses e agora é hora de dividir a fortuna avaliada em 356 milhões de euros.
Recorde-se que Angelina Jolie, de 41 anos, avançou com o processo de divórcio esta segunda-feira, 19 de setembro, alegando “diferenças irreconciliáveis”. Os dois atores estavam casados juntos há 11 anos e casados há dois.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras