Nas Bancas

Gisele Bündchen, a 'Garota de Ipanema' que arrasou na abertura dos Jogos Olímpicos

A top model brasileira desfilou 128 metros ao som do clássico de Tom Jobim ontem à noite no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

CARAS
6 de agosto de 2016, 11:58

Um desfile triunfal de Gisele Bündchen ao som de Garota de Ipanema, de Tom Jobim, interpretado pelo seu neto, Daniel Jobim, com projeções do arquiteto Oscar Niemeyer. A top model brasileira arrasou ontem à noite na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no estádio do Maracanã, onde percorreu 128 metros na ‘passerelle’ olímpica, a mais longa da sua carreira, revelou mais tarde.
Gisele fez o que sabe fazer melhor, desfilar, e até pareceu fácil, mas momentos antes da cerimónia começar, a manequim brasileira disse estar com os nervos à flor da pele. “Esta é com certeza a passarela mais longa na qual desfilei na minha vida e, de longe, com a maior audiência, portanto é um pouco stressante. É um momento muito especial para o meu país e sinto-me honrada por me terem convidado para fazer parte de uma celebração tão especial”, confessou à revista People.
Para aquele que foi o seu primeiro desfile desde que se afastou das passerelles, Bündchen elegeu um vestido metalizado do designer brasileiro Alexandre Herchcovtich, que demorou quatro meses a ficar pronto. No final, não conseguiu conter a emoção.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras