Nas Bancas

Papa Francisco visita Auschwitz

“Senhor, perdoa tanta crueldade”, pediu o sumo pontífice.

CARAS
30 de julho de 2016, 10:45

O Papa Francisco visitou esta sexta-feira, 29 de julho, o campo de concentração nazi de Auschwitz, perto de Cracóvia, na Polónia. O chefe máximo da Igreja Católica entrou a pé, sozinho e em silêncio nas instalações, através do famoso portão decorado com as palavras ‘Artbeit Macht Frei’ (O Trabalho Liberta). Durante mais de dez minutos ficou sentado num banco a rezar e depois foi recebido pela primeira-ministra da Polónia, Beata Szydlo, e encontrou-se com um grupo de 12 sobreviventes polacos, judeus e ciganos, incluindo a violinista Helena Dunicz-Niwinska, de 101 anos.
No livro de visitas do campo, o Papa Francisco escreveu em castelhano: “Senhor, tem dó do teu povo. Senhor, perdoa tanta crueldade”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras