Nas Bancas

Mário Zambujal: Um homem de afetos

Amigos e familiares falam do escritor no dia em que foi homenageado

CARAS
22 de julho de 2016, 15:00

No dia em que Mário Zambujal foi homenageado, pelo seu percurso enquanto jornalista e escritor, pela Câmara Municipal de Lisboa e pela editora Clube do Autor, muitos foram os amigos e familiares que quiseram estar presentes e “dar a conhecer” um homem de afetos. “A melhor lição que tenho do meu pai é a de não me deixar deslumbrar. Ele é um pai muito lamechas, uma pessoa muito ternurenta, sensível, querida e bondosa. É aquilo que se vê nos livros”, disse-nos Isabel Zambujal antes de subir ao palco do Jardim de Inverno do Teatro de São Luiz e reproduzir estas mesmas palavras à audiência.
No final, e já depois de ter ouvido muitos amigos falarem de si, Mário Zambujal estava feliz e até emocionado: “Fico muito sensibilizado e é muito bom ver tanta gente que sempre estimei. Foi um carinho que me fizeram.”

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras