Nas Bancas

Melania Trump acusada de plagiar discurso de Michelle Obama

A mulher de Donald Trump copiou frases inteiras de um discurso proferido pela atual primeira-dama dos EUA em 2008.

CARAS
19 de julho de 2016, 11:48

O discurso de Melania Trump na Convenção Nacional Republicana, esta segunda-feira, 18 de julho, no estado do Ohio está a dar que falar e veio acrescentar mais uma polémica à candidatura do seu marido, Donald Trump, à presidência dos Estados Unidos. Isto porque a modelo eslovena, de 46 anos, repetiu frases completas do discurso proferido por Michelle Obama em 2008, na Convenção Nacional Democrata, quando Barack Obama também estava na corrida à Casa Branca.
As frases que levaram a que a mulher do magnata seja acusada de plágio falam da educação que recebeu dos pais e do que dela retira para transmitir ao seu filho, Barron Trump, de dez anos. “Desde muito jovem, os meus pais ensinaram-me que é preciso trabalhar para o que queremos na vida, que a nossa palavra é sagrada e que devemos cumprir o que prometemos e tratar as pessoas com respeito”, afirmou Melania. Há oito anos, Michelle tinha dito: “O Barack e eu fomos educados com valores muito semelhantes: trabalhar pelo que queremos na vida, que a nossa palavra é sagrada e que se cumpre o que se promete e se deve tratar as pessoas com dignidade e respeito”. Tal como a atual primeira-dama tinha feito na altura, a mulher de Trump referiu ainda que as crianças devem saber que “o único limite das suas conquistas é a força dos seus sonhos e a dedicação que colocam no esforço para alcançar os objetivos”.
As semelhanças nos discursos não passaram despercebidas e depressa surgiram vídeos de comparação nas redes sociais e até nos media norte-americanos. Trump preferiu mostrar-se indiferente às críticas e elogiou a mulher no Twitter: “Foi uma honra apresentar a minha mulher, Melania. O seu discurso e a sua postura foram incríveis. Muito orgulhoso”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras