Nas Bancas

Ana Salazar sujeita a pequena cirurgia antes de apresentar coleção cápsula

Ana Salazar ainda tem na perna a marca que lhe ficou de uma queda aparatosa num passeio em Buenos Aires. A estilista teve que ser submetida a uma pequena cirurgia, no hospital de São José, porque a ferida infetou.

CARAS
9 de julho de 2016, 10:00

Antes de apresentar a sua mais recente coleção cápsula, Scarves Legacy, Ana Salazar aproveitou uma semana de descanso em Buenos Aires, cidade que tinha muita vontade de conhecer. Mas, como nos revelou, a visita ficou forçosamente a meio devido a uma queda aparatosa num passeio. “Acabei por ver tudo pela metade porque caí e estive dois dias no hotel de perna levantada. Pensei que fosse só um arranhão, desinfetei a ferida e nem pensei em ir ao hospital. Confesso que passei dias ótimos em Buenos Aires, visitei muita coisa e acabei por conhecer algumas designers que ninguém sabe que existem. Gostava de ter visitado muitos mais sítios, mas já não consegui. Ainda assim, e apesar deste susto, trago muito boas recordações daquela cidade”, começou por explicar a estilista.
Contudo, o susto foi, de facto, real e Ana Salazar só conheceu a verdadeira dimensão da situação quando chegou a Portugal e lhe foi diagnosticada uma septicemia. “Embora lá tenha desvalorizado a situação e tenha pensado que não passava de uma pequena ferida, quando cheguei cá apanhei um grande susto, porque no hospital de São José ficou tudo louco com o estado da minha perna. A ferida estava muito infetada e antes de ir ao hospital ainda fui ao centro de saúde, onde me deram um antibiótico. Mas foi em São José que percebi a gravidade da situação”, confessou a estilista.
Perante tal cenário, Ana Salazar foi de imediato submetida a uma pequena cirurgia e agradece a qualidade do Sistema Nacional de Saúde. “Fui tratada pelo Dr. Carlos Correia, que afinal conhecia vários amigos meus, e fui muito bem tratada. Acho que os cuidados intensivos das urgências funcionam muito bem em São José. Como disse, recebi um tratamento excelente na parte de pequenas cirurgias e neste momento já estou em fase de recuperação”, conta.
Foi apenas o penso que exibia na perna no dia desta apresentação que denunciou tudo aquilo que passou. Mas o sorriso habitual manteve-se. “A minha força é uma coisa intrínseca, vive comigo desde sempre. Tudo aquilo a que me proponho, faço-o com a necessidade de ser a melhor e desistir não faz parte do meu vocabulário. Além disso, tento sempre aprender, com todas as situações.” E é assim que surge a marca Ana by Ana Salazar. “Depois daqueles problemas mais complicados – de que nem vale a pena falar, não vale a pena falar do passado nem chorar sobre o leite derramado [referindo-se às incompatibilidades que a levaram a sair da empresa que fundou] – este é o meu regresso em força, que tem um sabor especial. Mas cada evento que faço, faço-o com todo o gosto. E este novo nome é mais íntimo, mais próximo, tem muito mais a ver comigo”, sublinhou a estilista, que mantém o seu cunho pessoal nesta coleção de 16 lenços de seda que apresentam as geometrias e os tons preto, cinza e vermelho a que nos habituou: “Nunca fujo ao conceito Ana Salazar.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras