Nas Bancas

Fãs de ópera aplaudem a soprano Elisabete Matos em noite de estreia

Na peça 'Nabucco'.

CARAS
30 de junho de 2016, 18:54

O Teatro Nacional de São Carlos teve casa cheia na primeira récita de Nabucco, de Giuseppe Verdi. Durante aproximadamente duas horas e meia, a plateia acompanhou a história do rei Nabucodonosor da Babilónia, aplaudindo com entusiasmo a prestação da orquestra e dos cantores líricos, entre os quais se destacava Eli­sabete Matos, que deu voz a Abigaille. Habituada a pisar os mais prestigiados palcos mundiais, a soprano confessou à CARAS que é sempre “especial” atuar nesta mítica sala de espetáculos lisboeta: “Aqui, estamos na nossa pátria, perante o nosso público e é sempre uma grande alegria trabalhar com colegas portugueses. Temos sempre uma plateia maravilhosa. Penso que a ópera não tem de ser elitista. Qualquer pessoa se pode emocionar com um espetáculo bem feito. A música é uma linguagem universal.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras