Nas Bancas

Encontrada pornografia infantil no rancho de Michael Jackson

Representantes do músico alegam que se trata de informação “falsa”.

CARAS
23 de junho de 2016, 11:22

Sete anos após a morte de Michael Jackson, surgem novas informações relativas ao processo em que foi acusado de abuso sexual de menores e absolvido em 2005. Agora veio a público um documento, descrito e apresentado como um relatório policial datado de 2003, que indica que o rei da pop tinha pornografia e material que incluía nudez infantil e adolescente no seu famoso rancho, Neverland, na Califórnia Estados Unidos. No referido documento de 88 páginas, pode ler-se que foram encontrados livros com imagens, revistas e vídeos com crianças nuas e seminuas. Embora os objetos em causa “não se incluam na definição legal de pornografia infantil, podem ser usados para convencer as potenciais vítimas diminuindo as suas inibições”.
Os representantes do legado de Michael Jackson já reagiram, alegando que as informações que constam no relatório são “falsas”. “Já basta de tentar caluniar um artista espantoso e um ativista humanitário que se dedicou a ajudar crianças necessitadas em todos os cantos do mundo”, pede ainda em comunicado, no qual lembram que o músico foi absolvido quando se sentou no banco dos réus.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras