Nas Bancas

Paulo Pires e Astrid Werdnig: Divertidos e cúmplices após 16 anos de casamento

Paulo Pires não levou para casa o Globo de Ouro de Melhor Ator de Cinema, para o qual estava nomeado, mas não foi por isso que festejou menos. Afinal, o seu Benfica tinha ganho naquela tarde o campeonato nacional de futebol.

CARAS
13 de junho de 2016, 14:00

Foi de cachecol do Benfica na mão que Paulo Pires apareceu na passadeira vermelha dos Globos de Ouro. Afinal, o ator é um benfiquista convicto e, no domingo, dia 16, era um dos muitos portugueses em festa. “Hoje estou muito feliz. Acabei de sair do teatro e fiquei a saber que o Benfica foi campeão da Europa em hóquei em patins e tricampeão nacional de futebol. Portanto, nada melhor para rematar a noite do que vir a um evento como os Globos de Ouro”, comentou, com um largo sorriso o ator, que nesta XXI gala estava nomeado para o galardão de Melhor Ator de Cinema, pelo seu papel no filme A Uma Hora Incerta.
“Estou nomeado, mas não vim por isso, nem vou ficar mais feliz se ganhar eu. Qualquer outro dos meus colegas nomeados merece”, afirmou. “Ele estava mais nervoso por causa do Benfica do que por causa do Globo!”, revelou Astrid. Ao que o ator anuiu: “É verdade. Nós só queremos divertir-nos e passar um bom bocado.”
E foi mesmo isso o que aconteceu. Além de terem formado um dos casais mais elegantes que desfilaram na red carpet, ambos com modelos Hugo Boss, foram também dos mais animados: tiraram inúmeras selfies, puseram a conversa em dia com os amigos e riram juntos com visível cumplicidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras