Nas Bancas

Ralph Lauren enfrenta crise

Despedimentos e encerramento de lojas são as medidas tomadas pela marca norte-americana para lutar contra mau momento financeiro.

CARAS
9 de junho de 2016, 10:54

O comunicado emitido esta semana pela Ralph Lauren é claro: é preciso aumentar as vendas e reduzir custos para conseguir fazer face à crise. Como tal, a marca norte-americana anunciou que vai despedir cerca de mil trabalhadores e fechar 50 lojas em todo o mundo. Além disso, para conseguir fazer às concorrentes low cost, nomeadamente H&M e Zara, está também prevista uma ligeira baixa de preços para escoamento de stocks.
Os despedimentos deverão afetar essencialmente os cargos executivos, uma vez que são esses os mais dispendiosos para a empresa.
Atualmente, a Ralph Lauren tem 493 lojas espalhadas pelo mundo e emprega mais de 26 mil pessoas.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras