Nas Bancas

Porta-voz de Johnny Depp tinha conhecimento das supostas agressões do ator a Amber Heard

Segundo a troca de mensagens entre o representante do ator e a ex-mulher divulgada pelo site 'Entertainment Tonight.

CARAS
5 de junho de 2016, 13:50

O polémico divórcio de Johnny Depp e Amber Heard tem continuado a dar que falar na imprensa internacional. Depois de a atriz ter conseguido uma ordem de restrição por alegadamente a estrela de Piratas das Caraíbas a ter agredido, uma troca de mensagens entre Heard e Stephen Deuters, representante de Depp, vem corroborar a história.
As mensagens, divulgadas pelo site Entertainment Tonight, descrevem as alegadas agressões do ator, de 53 anos, em diferentes ocasiões. Inicialmente, o assistente tenta Amber Heard desculpe o então marido pelo seu comportamento. "Acho que ele acabou de te mandar uma mensagem. Ele quer desculpar-se e sabe que estava errado. Quer consertar as coisas, disse isso esta manhã", pode ler-se, perante a resposta de Heard: "Não sei como estar com ele depois do que ele me fez ontem. Não sei se consigo ficar com ele".
A modelo e atriz, de 30 anos, confessa ainda que os atos de violência doméstica aconteceram "muitas vezes". "Em Tóquio, nas ilhas, em Londres (lembraste disso?) e eu sempre continuei a seu lado. Sempre acreditei que ele fosse melhorar e a cada três meses volta tudo a repetir-se", diz a Deuters.
A publicação não confirma se as mensagens entre Amber Heard e Stephen Deuters foram editadas, no entanto Johnny Depp continua a negar qualquer agressão à ex-mulher.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras