Nas Bancas

Marido de Cláudia Jacques detido

Ao abrigo de um mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades francesas.

CARAS
1 de junho de 2016, 10:35

De acordo com o Jornal de Notícias, Olivier da Silva foi preso esta terça-feira, 31 de maio, por suspeitas de burla em França. O diário adianta que foi emitido um mandado de detenção europeu pelas autoridades francesas e que o marido de Cláudia Jacques – que em processos anteriores já foi identificado como Olivier Parente, Olivier Nascimento Parente, Jonathan Nascimento Parente e Olivier Parente Figueiredo – “é suspeito de burla e já tem cadastro em Portugal”. Em 2013, o empresário foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, com pena suspensa, por crimes de falsificação e burla, na forma tentada, por ter usado um cheque falsamente visado no concessionário da BMW na Póvoa do Varzim.
O interrogatório irá decorrer esta quarta-feira, 1 de junho, no Tribunal da Relação do Porto, tendo em vista a sua extradição para França.
Segundo o JN, o marido de Cláudia Jacques, que agora se apresenta como empresário, já se apresentou como advogado de sucesso ou médico em negócios de compra e venda de automóveis.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras