Nas Bancas

Lily-Rose Depp defende o pai, Johnny Depp

O ator está a ser acusado de violência doméstica por Amber Heard.

CARAS
29 de maio de 2016, 18:53

Lily-Rose Depp, de 17 anos, recorreu às redes sociais para defender o pai, Johnny Depp, das acusações de violência doméstica de que está a ser alvo por parte da mulher, a atriz Amber Heard. “O meu pai é a pessoa mais querida que eu conheço. Sempre foi um pai fantástico para mim e para o meu irmão mais novo e, tanto eu como todos os que o conhecem dizem o mesmo”, escreveu a jovem modelo no Instagram, onde também partilhou uma fotografia de quando era criança.
Recorde-se que Lily-Rose é fruto da relação de Johnny Depp com Vanessa Paradis, terminada em 2013. Desta união também nasceu Jack, de 14 anos. A ex-companheira do ator também já veio a público garantir que as acusações de violência doméstica não fazem sentido. “Para os interessados: Johnny Depp é o pai dos meus dois filhos, é sensível, querido e amado e eu acredito do fundo do meu coração que as recentes alegações de que está a ser alvo são um ultraje. Desde que conheço o Johnny, ele nunca foi violento fisicamente comigo e este não parece ser o homem maravilhoso com o qual eu vivi durante 14 anos”, pode ler-se numa nota escrita pela ex-modelo, cantora e atriz francesa, de 43 anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras