Nas Bancas

Johnny Depp quebra o silêncio após pedido de divórcio de Amber Heard

Os dois atores estiveram casados durante 15 meses.

CARAS
27 de maio de 2016, 09:59

Três dias após Amber Heard ter apresentado um pedido de divórcio, Johnny Depp emitiu um comunicado a explicar qual seria a sua postura ao longo do processo. “Tendo em conta a curta duração do seu casamento e a morte recente da sua mãe, Johnny não responderá a histórias falsas, rumores, especulações e mentiras acerca da sua vida pessoal. Espera-se que a dissolução do casamento, que foi breve, fique resolvida rapidamente”, pode ler-se no documento divulgado pelos representantes da estrela da saga Piratas das Caraíbas, de 52 anos.
Amber Heard e Johnny Depp estiveram casados durante apenas 15 meses e a atriz apresentou o pedido de divórcio na passada segunda-feira, 23 de maio, num tribunal de Los Angeles, alegando “diferenças irreconciliáveis”. Heard terá pedido uma pensão de alimentos, mas apenas algumas horas depois Laura Wasser, advogada de Depp, interpôs um pedido para que esta não tenha direito à mesma, uma vez que os dois fizeram um acordo pré-nupcial. Contudo, esta questão do acordo não é consensual na imprensa internacional: vários meios de comunicação garantem que este não existe e por isso o ator terá de pagar uma pensão à ainda mulher, bem como dividir a fortuna amealhada ao longo dos meses em que estiveram casados.
Os dois atores conheceram-se no set de rodagem do filme Um Diário a Rum e casaram-se em segredo na ilha do ator nas Bahamas, em fevereiro de 2015. A notícia da separação surge alguns dias depois da morte da mãe do ator, Betty Sue Palmer, aos 83 anos, vítima de doença prolongada.
Antes de se apaixonar por Amber Heard, Johnny Depp partilhou a sua vida durante 14 anos com a modelo e atriz francesa Vanessa Paradis, mãe dos seus dois filhos, Lily-Rose, de 17 anos, e Jack, de 14.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras