Nas Bancas

Mariza responde a críticas ao seu cabelo

A cantora não conseguiu ignorar o comentário de uma seguidora.

CARAS
24 de maio de 2016, 11:02

Embora já a tenhamos visto com outros visuais, o cabelo curto e loiro é uma das imagens de marca de Mariza. E foi precisamente esse visual arrojado que foi criticado nas redes sociais, quando a fadista partilhou um vídeo onde aparece a cantar o tema I Can’t Make You Love Me ao lado do artista britânico-libanês Mika. “Se você pretende tanto o país de África porque você não deixa a sua cor preta natural? Estranho que mensagem você quer passar? Você devia estar feliz da sua cor natural”, escreveu a seguidora. Ao que a artista retorquiu: “Olá Menina, não tenho por hábito responder. A cor natural do meu cabelo é arruivado. Tal como o meu filho. Tenho avó negra, como tenho avó branca, como bisavós espanhóis e goeses! Como me devo expressar então???! Num mundo livre sem tabus, repressões ou fronteiras para mim isso não existe. Conheço muitas pessoas de raça branca que nasceram em África, loiras e de olhos azuis, será que têm que frisar o cabelo para mostrar de onde vêm???? Desculpe não entendo o seu raciocínio. A melhor forma de unir povos e culturas não é separando-os por coisas mesquinhas. Mas sei que com o poder da minha música eu consigo chegar a muitos corações, independentemente da raça, credo ou... Se não não estaria aqui a menina a escrever no meu Facebook. Felicidades, Mariza”.
Recorde-se que a fadista é filha de pai português e de mãe moçambicana. Nasceu em 1973 em Lourenço Marques, atualmente Maputo, e veio viver com a família para Lisboa quando tinha apenas três anos.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras