Nas Bancas

Filhos de Margarida Marante indiferentes a revelações polémicas sobre a jornalista

A apresentação do livro que retrata a vida de Margarida Marante contou com a presença dos filhos, Catarina e Henrique, da mãe, Hortência Anjos, e do seu primeiro marido, Henrique Granadeiro.

Andreia Cardinali
5 de maio de 2016, 15:58

Três anos e meio após a morte de Margarida Marante é lançada a sua biografia. Escrito por Maria João Martins, o livro retrata todo o percurso profissional da jornalista, mas também alguns pormenores da sua vida pessoal, entre eles, o consumo de cocaína, supostamente iniciado por Emídio Rangel, tal como é revelado na obra por Daniel Proença de Carvalho, que apresentou o livro, no passado dia 2, no El Corte Inglês. "Penso que não revelei nada, fiz apenas um comentário sobre as personalidades de ambos. Quando prestei este testemunho fi-lo de uma forma espontânea. Foi uma simples conversa com a autora do livro que, com toda a liberdade, escreveu o que entendeu", explicou o advogado.
Indiferentes à polémica, dois dos três filhos da jornalista, Catarina e Henrique, fizeram questão de revelar o orgulho que sentem do percurso da mãe. "Há muitas passagens bonitas neste livro que podiam ser objeto de realce. Nós não temos a mínima vergonha do percurso bom e mau que a minha mãe teve em vida. Não pretendíamos que isso fosse omitido nem pusemos nenhum entrave à autora", contou Henrique, enquanto Catarina acrescentou: "Foi doloroso reviver algumas coisas, assim como é doloroso o dia de hoje, mas acima de tudo o que nós queremos com este livro é lembrar a grande profissional e a grande mãe que ela foi".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras