Nas Bancas

Irmãos de Prince disputam herança

O cantor não deixou testamento.

CARAS
4 de maio de 2016, 11:31

Prince morreu no passado dia 21 de abril aos 57 anos. Deixa uma fortuna avaliada em mais de 260 milhões de euros, mas não redigiu um testamento para explicar a quem gostaria que esta fosse entregue, pelo que já começou a guerra entre os seus irmãos: uma irmã, Tyka Nelson, de 55 anos, e cinco meios-irmãos da parte do pai. Uma vez que não era casado nem tinha filhos, é natural que os bens do artista sejam entregues aos seus familiares mais diretos, mas para isso é preciso que cheguem a um acordo, o que para já não está a acontecer.
O juiz responsável pelo processo nomeou um administrador para avaliar e dividir toda a fortuna, alegadamente em partes iguais, o que não vai de encontro com as expectativas de Tyka Nelson. O que também não será do agrado da irmã do artista é o facto de Alfred Jackson, um dos meios-irmãos de quem Prince estava afastado há décadas, defender que o público também deverá beneficiar da sua herança musical, uma vez que este deixou temas originais que permitem lançar um álbum por ano até 2100, de acordo com a CNN.
Owen Husney, antigo manager do intérprete de Purple Rain, já afirmou que as gravações e singles que ainda não foram editados poderiam aumentar a fortuna em cerca de 200 milhões de euros. Só nos dias que se seguiram à sua morte, foram vendidos mais de 600 mil álbuns de Prince, o que deixa perceber que a fortuna continuará ainda a aumentar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras