Nas Bancas

Iker Casillas sobre o casamento: "Tenho de habituar-me a chamar a Sara de minha mulher"

O guarda-redes do Futebol Clube do Porto e a jornalista oficializaram a relação em segredo no passado mês de março, em Madrid.

CARAS
19 de abril de 2016, 18:02

Iker Casillas quebrou o silêncio após ter casado em segredo com Sara Carbonero no passado de março na localidade de Boadilla del Monte, Madrid. Durante uma viagem relâmpago à capital espanhola para realizar compromissos publicitários, o guarda-redes do Futebol Clube do Porto contou como se sente enquanto homem casado. "Tenho de habituar-me a chamar a Sara de minha mulher em vez de minha namorada", disse, entre risos. "Sinto-me feliz por termos conseguido fazer isso, foi como marcar um golo aos jornalistas. Decidimos casar assim porque não gostamos de estar nas bocas do mundo nem que nos estejam a ver à lupa. Além disso, se formos mais reservados podemos partilhar de forma mais tranquila com os nossos amigos", explicou, adiantando que não costuma usar a sua aliança. "Anéis e pulseiras não combinam com guarda-redes, mas no dia a dia poderei vir a surgir de aliança".
A um mês de ser pai pela segunda vez, Casillas, de 34 anos, admitiu que construir a sua família mudou a sua vida. "Como qualquer pai, o que mais quero é desfrutar dos meus filhos, vê-los crescer saudáveis. Acho que sou um bom pai, estou presente em todos os momentos do Martín. Trocar fraldas, aquecer biberões, acordar de noite, faz parte", confessou. O segundo filho do casal vai nascer em Madrid e não se chamará Mauro, Bruno ou Hugo, como a imprensa tinha adiantado anteriormente. "Posso assegurar que não é nenhum desses três. Não vamos revelar porque poderemos querer mudar à última hora", afirmou.
No final da conferência de imprensa de uma conhecida marca de champô, o futebolista espanhol desmentiu as notícias de que ele e Sara estariam descontentes com a vida no Porto. "Sempre fomos muito bem tratados no Porto, desde o primeiro dia em que chegámos. Se formos ao Estoril, a Lisboa ou a Faro acontece o mesmo. Tenho a ideia de cumprir o meu contrato. O meu termina em 2017, mas o FC Porto quer que eu fique mais um, pelo que é praticamente certo que lá ficarei até 2018", concluiu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras