Nas Bancas

Belezas de todas as idades unem-se em projeto solidário

Figuras públicas dão a cara em livro solidário e provam que a beleza não tem idade.

CARAS
16 de abril de 2016, 20:00

O Espaço Santa Casa, no Campo de Santa Clara, encheu-se de afetos e sorrisos no dia da apresentação do livro Beleza Não Tem Idade. Este projeto, que pretende combater os preconceitos associados ao envelhecimento e à solidão a que os idosos estão devotos em Portugal, enche de orgulho quem o fez e quem nele participou. “Foi uma tarde engraçada, porque estive com uma senhora que me falou da vida dela e eu gosto de conhecer pessoas e ouvir as suas histórias. Infelizmente, a nossa sociedade entende que quanto mais velho, menos valor tem, quando os mais velhos têm a sabedoria, a experiência. E há que respeitá-los e dar-lhes o fim de vida que toda a gente merece. É muito triste vê-los abandonados, a conviver com a solidão”, sublinhou Manuela Moura Guedes, que para este projeto foi fotografada ao lado de Maria Madalena Sequeira, no Centro de Dia do Alto do Pina. Simone de Oliveira, que também foi convidada para dar a cara por este movimento, não hesitou na resposta e explicou porquê: “Chegar a esta idade que tenho e as pessoas lembrarem-se de mim, pedirem-me um abraço, uma fotografia, é muito bom. Tenho vivido muito, naturalmente coisas também muito más, mas chego a esta altura e acho que tudo valeu a pena. Portanto, se me dizem para tirarmos uma fotografia com as minhas rugas, fico muito contente e muito feliz. E a beleza não tem idade. Até aos 50 anos não tive uma ruga e fui, sinceramente, uma mulher bonita. Hoje sou uma senhora de idade agradável”, atirou com uma gargalhada.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras