Nas Bancas

Elton John processado por assédio sexual

Por um dos antigos membros da sua equipa de segurança.

CARAS
29 de março de 2016, 09:51

De acordo com o site norte-americano TMZ, Elton John está a ser processado por um dos seus antigos guarda-costas por assédio sexual. O caso remonta a 2014, mas só agora Jeffrey Wenninger decidiu apresentar queixa, alegando que o músico britânico chegou mesmo a obrigá-lo a ter relações sexuais com ele. O segurança refere ainda que Elton John tentou agarrar os seus órgãos genitais e acariciou e elogiou os seus mamilos enquanto os dois viajavam no mesmo carro.
Jeffrey Wenninger garante que tentou resistir verbal e fisicamente aos alegados abusos de que foi vítima, mas que não conseguiu impedir o cantor, agora com 69 anos.
O guarda-costas deixou de trabalhar para Elton John em setembro de 2014.
Elton John mantém uma relação estável com David Furnish desde 2005. Os dois têm dois filhos, Zachary, de cinco anos, e Elijah, de três, concebidos através de uma barriga de aluguer.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras