Nas Bancas

Chris Martin fala sobre o fim do seu casamento com Gwyneth Paltrow

O músico assume que o seu divórcio foi “estranho”.

CARAS
21 de março de 2016, 12:14

Em março de 2014, Chris Martin e Gwyneth Paltrow anunciaram que o seu casamento de dez anos tinha chegado ao fim, esclarecendo que tinha sido uma decisão amigável e que continuariam muito presentes na vida um do outro pelo bem dos dois filhos que têm em comum, Apple, de 11 anos, e Moses, de nove. E a verdade é que passados dois anos, a atriz e o músico continuam a manter uma boa relação e que, inclusivamente, passam férias juntos. Embora seja muito cioso da sua vida privada, o vocalista dos Coldplay revelou numa entrevista recente para a Sunday Times Magazine que passou por “um ano de depressão”. “Ainda acordo deprimido muitas vezes. Mas agora sinto que tenho as ferramentas necessárias para dar a volta à situação”, adiantou ainda, antes de explicar: “Não é fácil, porque está tudo exposto na imprensa, mas eu tive uma separação/divórcio fantástico. Foi um divórcio, mas foi um divórcio estranho, diferente dos outros. É engraçado porque não penso nessa palavra muitas vezes. Não vejo isso dessa forma. Para mim faz mais sentido pensar que conhecemos alguém, passamos algum tempo juntos e depois cada um segue o seu caminho”.
Chris Martin contou ainda que o fim da relação com Paltrow lhe “trouxe tranquilidade” e que se sente “grato” porque tem “aproveitado mais a vida desde então”.
Após a separação, o vocalista dos Coldplay já viveu um romance com a atriz Jennifer Lawrence e agora estará apaixonado pela britânica Annabelle Wallis, com quem sido visto nas últimas semanas em clima de grande cumplicidade. Gwyneth Paltrow, por sua vez, namora com o produtor Brad Falchuk.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras