Nas Bancas

Mariah Carey acusada de abandonar a irmã doente

O irmão da cantora diz que esta se tornou egoísta e apenas pensa nela e nos filhos.

CARAS
16 de março de 2016, 09:31

Mariah Carey é um dos grandes nomes da música mundial e o seu irmão mais velho, Morgan Carey, parece continuar empenhado em denegrir a sua imagem. Cerca de dois anos depois de ter afirmado que artista era viciada em álcool e medicamentos, Morgan deu uma nova entrevista ao tabloide britânico Daily Mail, na qual chama Mariah de “bruxa má” e diz que ela “não tem coração”, acusando-a ainda de abandonar a irmã de ambos, Alison, que tem Sida. “Ela provavelmente gasta mais dinheiro com os seus cães do que com a família. Contei à Mariah que a minha mulher sofreu um aborto e ela nem sequer respondeu ao meu email. É típico. Parece que o mundo gira à volta dela e não há espaço para mais ninguém. A nossa irmã está a morrer e a lutar pela vida e onde é que ela está? Ela acha que é fabulosa, mas é uma bruxa má”, afirma Morgan, antes de acrescentar: “Ela tem de crescer. Eu deixei o Havai para visitar a Alison quando achámos que ela não iria resistir, mas a Mariah não apareceu. A Alison já a procurou várias vezes mas nunca obteve resposta”.
Os dois irmãos não se falam há alguns anos e, para já, a intérprete de We Belong Together não fez qualquer comentário a este assunto.
Atualmente, Mariah Carey, de 45 anos, vive uma fase feliz ao lado do magnata australiano James Packer, que a pediu em casamento em janeiro último, após sete meses de namoro. Os gémeos Moroccan e Monroe, de quatro anos, fruto do seu anterior casamento, com Nick Cannon, completam essa felicidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras